Comentário Popular

Olavo NÃO TEM RAZÃO: DEZ motivos para você BOICOTAR o filme Jardim das Aflições

CAMARADAS!

Uma nova ameaça se mostra no horizonte: dia 9 de setembro será o lançamento oficial em STREAMING e DVD do documentário “O Jardim das Aflições”. Diante desse novo ataque, o Partido Vanguarda Popular © assume com grande naturalidade a liderança desta segunda campanha de boicote – que não fracassará como a primeira -, contra o projeto golpista do filósofo burguês Olavo de Carvalho. Para isso, DEZ MOTIVOS, devidamente autorizados pelo Comitê Central, serão apresentados ao povo brasileiro em rede nacional:

1- Olavo é um vil traidor do movimento revolucionário e apóstata da fé marxista-leninista. Como se isso não bastasse, desde há muitos anos presta serviços ao capital especulativo internacional e vive no coração da besta imperialista: os Estados Unidos.

2- O documentário não trata das questões humanas numa perspectiva revolucionária marxista de luta de classes num mundo de opressão capitalista sob hegemonia das elites exploradoras da menos-valia. Daí conclui-se, necessariamente, que o documentário nem deveria existir.

3- O diretor do filme, Josias Teófilo, é um hippie totalmente alheio às necessidades políticas, ideológicas e culturais do povo brasileiro. Prova disso é que a produção não foi autorizada pelo Comitê Central do Ministério da Cultura.

4- O protagonista e seus familiares, inclusive a produção, são brancos dos olhos azuis (percebe-se logo a defesa velada da volta da escravidão).

5- É uma campanha subliminar do Partido Verde.

6- O filme foi financiado pela bancada da bala – exibe armas de guerra em todas as cenas –, e pela bancada ruralista com a clara intenção de promover uma campanha descarada de difamação contra os companheiros revolucionários do MST.

7- Um dos patrocinadores exerce atividade ilegal de monopolização familiar da educação infantil não reconhecida pelo Ministério Popular da Educação.

8- Exibe cenas impróprias para crianças: uma família rezando o Pai-Nosso antes do almoço e uma missa Católica (todos sabem que a religião é o ópio do Povo).

9- O filme exibe cenas impróprias para estudantes – livros, muitos livros –, numa clara tentativa de desviá-los do caminho da revolução.

10- Roxane, esposa do Olavo, maltrata animais indefesos: eles são encarcerados na frente de uma criança. Felizmente o cachorro oculto que estava atrás do menino consegue escapar (essa é a única cena feliz no filme).

10- Um dos autores citados no filme, Bertrand de Jouvenel, é um dos maiores canalhas do século XX. Ele desfere um ataque brutal contra o coração do marxismo ao sugerir que a máxima concentração de poderes nas mãos do estado deve ser evitada. Trata-se, evidentemente, de um fascista de classe média (há relatos de que Jouvenel foi membro da Ku Klux Klan).

10- Olavo de Carvalho faz apologia do deslocamento de retina da classe operária (ele lê um livro num carro em movimento).

10- O filme incentiva a prática de “rachas” nas ruas e a direção perigosa sem o uso de cintos de segurança (o protagonista dirige visivelmente embriagado um carro de fórmula 1). Eis a prova:

Companheiros, a lista poderia continuar indefinidamente. No entanto, recebi autorização do Comitê Central para compartilhar somente os 10 itens que vão acima. Solicito aos companheiros que – mesmo sem assistir ao filme -, defendam o novo boicote com unhas e dentes.

Hasta la victoria, siempre!

P.S.: Compartilhe e ajude o movimento pelo boicote crescer ainda mais!

Emannuel Goldstein
Nas redes...

Emannuel Goldstein

O renegado Emmanuel Goldstein é um personagem fictício que vive na clandestinidade. É o arqui-inimigo do Grande Irmão e adepto da Contra-revolução Permanente. Aqui tudo é pura ficção, sátira e humor sem graça. Semelhanças com a realidade são frutos do mero acaso.
Emannuel Goldstein
Nas redes...

Comentários generosamente autorizados pelo Grande Irmão:

Curta nossa página no facebook, kamarada!

"É intolerável para nós a existência, em qualquer parte do mundo, de um pensamento incorreto, por mais secreto e impotente que seja." (O'Brien)

"O Partido deseja o poder exclusivamente em benefício próprio. Não estamos interessados no bem dos outros; só nos interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade: só o poder pelo poder, poder puro." (O'Brien)

"Não se estabelece uma ditadura para proteger uma revolução. Faz-se a revolução para instalar a ditadura. O objetivo da perseguição é a perseguição. O objetivo da tortura é a tortura. O objetivo do poder é o poder." (O'Brien)

"Quanto mais poderoso for o Partido, menos tolerante será. Quanto mais fraca a oposição, tanto mais severo será o despotismo." (O'Brien)

"Se você quer formar uma imagem do futuro, imagine uma bota pisoteando um rosto humano — para sempre." (O'Brien)

"TODOS OS ANIMAIS SÃO IGUAIS MAS ALGUNS ANIMAIS SÃO MAIS IGUAIS DO QUE OS OUTROS. (George Orwell, A Revolução dos Bichos)

walmarx.com.br - Ficção, Sátira e Contra-revolução Permanente

To Top