Notícias

Corrida em homenagem a Carlos Marighella termina com tiros, porrada e bombas

RIO DE JANEIRO – Tiros, porrada e bombas. Um verdadeiro campo de guerra com direito a reféns, roubos (expropriações), sequestros e extermínio físico de oponentes. Foi assim que terminou uma Corrida pela Paz que buscava homenagear o terrorista revolucionário marxista Carlos Marighella. Poucos minutos antes da largada, a troca de tiros animou os atletas, que sacaram de suas mochilas fuzis, munições e explosivos.

Um ex-membro da Ação Libertadora Nacional (ALN), Josefo Staline, que participou da corrida, disse que o tiroteio e a matança trouxeram à sua memória os “bons e velhos tempos da guerrilha urbana”.

“Eu sempre ando com uma cópia do Mini-Manual do Guerrilheiro Urbano. É um guia básico de terrorismo utilizado em vários países! Assim posso sempre relembrar as grandes lições democráticas do camarada Carlos Marighella”, disse Josefo.

Infelizmente o Exército Brasileiro chegou e acabou com a festa revolucionária. Todos os sobreviventes foram presos.

“Entre algumas das medidas populares previstas para serem executadas de forma inapelável, com a vitória da revolução, executaremos as seguintes: … depois de julgamento público sumário, executaremos os agentes da CIA encontrados no país, e os agentes policiais responsáveis por torturas, espancamentos , tiros e fuzilamentos de presos; … confiscaremos as empresas de capital privado nacional que colaboraram com os norte-americanos e que se opuseram à revolução; tornaremos efetivo o monopólio estatal das finanças, comércio exterior, riquezas minerais, comunicações e serviços fundamentais..” (Carlos Marighella, Chamamento ao Povo Brasileiro, 1968)

Emannuel Goldstein
Nas redes...

Emannuel Goldstein

O renegado Emmanuel Goldstein é um personagem fictício que vive na clandestinidade. É o arqui-inimigo do Grande Irmão e adepto da Contra-revolução Permanente. Aqui tudo é pura ficção, sátira e humor sem graça. Semelhanças com a realidade são frutos do mero acaso.
Emannuel Goldstein
Nas redes...

Comentários generosamente autorizados pelo Grande Irmão:

Curta nossa página no facebook, kamarada!

"É intolerável para nós a existência, em qualquer parte do mundo, de um pensamento incorreto, por mais secreto e impotente que seja." (O'Brien)

"O Partido deseja o poder exclusivamente em benefício próprio. Não estamos interessados no bem dos outros; só nos interessa o poder em si. Nem riqueza, nem luxo, nem vida longa, nem felicidade: só o poder pelo poder, poder puro." (O'Brien)

"Não se estabelece uma ditadura para proteger uma revolução. Faz-se a revolução para instalar a ditadura. O objetivo da perseguição é a perseguição. O objetivo da tortura é a tortura. O objetivo do poder é o poder." (O'Brien)

"Quanto mais poderoso for o Partido, menos tolerante será. Quanto mais fraca a oposição, tanto mais severo será o despotismo." (O'Brien)

"Se você quer formar uma imagem do futuro, imagine uma bota pisoteando um rosto humano — para sempre." (O'Brien)

"TODOS OS ANIMAIS SÃO IGUAIS MAS ALGUNS ANIMAIS SÃO MAIS IGUAIS DO QUE OS OUTROS. (George Orwell, A Revolução dos Bichos)

walmarx.com.br - Ficção, Sátira e Contra-revolução Permanente

To Top